O prazer anal no homem

28 ago 2010 by cursodesensualidade, No Comments »

http://almacollins.zip.net/images/dedo.jpgNão adianta o homem dizer que não gosta de ser tocado na região anal,
pois essa região é uma grande fonte de prazer para ele. Às vezes, ele pode
fingir não ter prazer ou negar que o tenha por puro preconceito, mas sabe
exatamente o que está perdendo.
No entanto, pense que para uma prática sexual ou para uma região do
corpo ser prazerosa, é necessário que tenhamos fantasias sexuais associadas a
ela, bem como, significados positivos. Nem todos os homens consideram o toque
anal agradável (quer seja a penetração ou o tato local). Assim como nem todas
as mulheres gostam da penetração vaginal.
É claro que a mulher também precisa ir com jeitinho nessa hora, assim
como o homem que sabe das coisas, usa de mil artimanhas para conseguir sexo
anal com a parceira. Tem que ter jeito, malícia, carinho e muito gel
lubrificante, mas antes de tudo tem que querer.
Se você ainda não tentou esse prazer, experimente, pois vai ser difícil
escutar da boca de um homem que já experimentou as sensações de ser tocado,
dizer que não aprovou ou que não se rendeu aos apelos da parceira.
O importante é saber que nenhum homem vai virar “gay” por gostar de
carícias nessa região, ou se gostar, é porque tem tendências homossexuais. É
claro que cada casal é que vai estabelecer aquilo que gosta ou não na cama. O
que não pode é ficar com receio do julgamento dos outros ou entrar em
conflitos porque está tendo prazer em um lugar onde escutou a vida inteira que
era proibido ser tocado.
Em primeiro lugar, a mulher só deve usar essa técnica se tiver bastante
intimidade com seu parceiro, pois corre o risco de o homem achá-la abusada
demais ou de deixá-lo constrangido por receio de comentários quanto a sua
masculinidade. Portanto, não force a barra!
Se já tem intimidade suficiente com ele, o primeiro passo é com as mãos
lavadas e unhas aparadas (pelo amor aos céus) é levar um lubrificante à base
de água com vocês para a cama.
Um protetor para os dedos é uso obrigatório caso você esteja com algum
corte. No mais, tudo é perfeitamente sadio.
Experimente ir beijando-o nas costas e ir descendo até o bumbum dele,
tocando-o suavemente com os lábios molhados.
Se colocá-lo de lado, você pode com uma das mãos acariciar o pênis dele e
com a outra mão, acariciar de leve a região anal, mas antes disso, coloque
bastante lubrificante nas duas mãos que vão acariciá-lo. Provavelmente, ele
não oferecerá nenhuma resistência, pois a sensação de prazer nessa área além
de muito forte, intensifica o orgasmo.
Depois disso, coloque-o de costas e apoie um travesseiro por baixo dele,
fazendo com que o travesseiro não cubra o pênis dele, para que você possa
acariciá-lo também. Com o bumbum pra cima, você poderá fazer carinhos com as
duas mãos, massageando-lhe com toques macios e alternando os toques com mais
pressão. Deslize suavemente os dedos no meio do bumbum, de modo que toque a
região anal e estenda os dedos até a região embaixo dos testículos e na
virilha, pois essa é uma área que dá muito tesão ao homem. Se preferirem, a
posição deitado de costas, com a barriga para cima, também é uma posição
gostosa, mas não se esqueça de colocar sempre um travesseiro de apoio para que
ele fique totalmente oferecido para você e para que não fique desconfortável
nem para você e nem para ele.
Alguns homens nessa hora, preferem se masturbar e deixar que a parceira
continue concentrada somente no bumbum, portanto, não fique achando que você
não sabe masturbá-lo ou que ele prefere a mão dele ao invés da sua, pelo
contrário, é sinal que ele está gostando bastante do que você está fazendo com
ele e não quer que você pare.
Deixe sempre a região bastante lubrificada e quando perceber que ele está
adorando, soltando gemidos e se contorcendo de prazer, então é sinal que ele
está pronto para que você introduza o dedo no ânus dele. Nessa hora, procure
não ficar tirando e colocando o dedo ou fazendo movimento fortes de vai e vem.
Apenas deslize suavemente ou faça movimentos rotativos. Ele vai delirar!
A região anal, para homens e mulheres, é uma região de possível prazer,
uma vez que apresenta nervos internos, os mesmos que promovem a sensibilidade
anatômica do pênis, vagina e clitóris.
Biologicamente o sexo anal pode ser prazeroso para o homem que é
penetrado. A explicação está no fato da proximidade do ânus com a próstata.
Essa glândula, presente apenas no homem, ligada à bexiga urinária, envolvendo
a uretra (canal que conduz a urina e o sêmen), possui mais ou menos o formato
e o tamanho de uma castanha de caju e está localizada na cavidade pélvica,
imediatamente à frente do reto.
A sensibilização da próstata desempenha decisivo papel no desencadeamento
da ejaculação e do orgasmo masculinos. Portanto, uma vez que a próstata é um
órgão existente somente nos homens, responsável por grandes níveis de prazer,
acredita-se que na prática do sexo anal ela poderia levar o homem a gozar
somente com a penetração anal. Sob este ponto de vista faz sentido o que
muita gente tem afirmado que o ânus seria a região, no homem, correspondente
ao “ponto G” feminino.
Finalizando tem um outro detalhe que você não pode esquecer de jeito
algum: tire o seu dedo assim que perceber que ele está tendo um orgasmo, ou
seja, o dedo só deve permanecer onde está, até que ele atinja o orgasmo, pois
em geral eles não gostam de acabar essa brincadeira com o dedo dentro deles.
Aliás, alguns homens quando começam a ter o orgasmo, já preferem que o dedo
seja retirado do ânus. Cabe a cada mulher descobrir o que o seu homem prefere.

Leave a Reply

Follow Me!

Follow Me! Follow Me! Follow Me! Follow Me!

© 2014 Curso de sensualidade ADAPTADO POR Jm Midia.

Theme Tweaker by Unreal