História do Strip-Tease

5 jul 2010 by cursodesensualidade, No Comments »

O Strip Tease nasceu na década de 20 por causa de uma disputa pela atenção do público no show business norte americano. Os teatros chamados burlescos perdiam terreno para o avanço do cinema como diversão de grandes platéias. A solução encontrada foi colocar jovens bonitas tirando a roupa ao vivo, fazendo a audiência dos teatros.

Rose Louise Hovick (1914-1970) mais conhecida como Gipsy Rose Lee foi um grande nome do Strip-Tease. Rainha do Burlesco, dizem que ela foi à inventora desta arte, mas em um texto no museu do sexo (Mosex)de New York diz que, ao contrário da crença popular, Louise Hovick não inventou o Strip-Tease pois em 1.927 muitas garotas já ficavam peladas no teatro dos quatro irmãos Minskys, na Broadway.

A história aponta Gypsy Rose mais por suas formas do que por seu pioneirismo, e além das formas ela criou a maioria dos trejeitos desta arte, como alguns pequenos gestos, girar e atirar as ligas para a platéia e outros. Naquela época o que mais excitava um homem era a curiosidade, por esse motivo que elas nunca tiravam a parte de baixo do lingerie.

No famoso filme Striptease, Erin Grant (Demi Moore) também arrasa em um Strip-Tease, sem ficar completamente nua. Em outro filme recente intitulado Femme Fatale, Rebeca Romijn fez um Strip-Tease belíssimo, muito sensual, ficando somente de lingerie e, com certeza, os homens que assitiram essa cenas ficaram muito excitados.

A tradução do nome Strip-Tease é tira e excita.Tirar a roupa de uma maneira especial é fascinante e excitante. Essa arte existe há anos e sempre esteve em evidência, porém nestes últimos anos temos visto um aumento de interesse muito grande por mulheres de quase todas as idades, inclusive as casadas!

Tags:, , , , , , , , , ,

Leave a Reply

Follow Me!

Follow Me! Follow Me! Follow Me! Follow Me!

© 2021 Curso de sensualidade ADAPTADO POR Jm Midia.

Theme Tweaker by Unreal